domingo, 9 de setembro de 2007

Uma visita ao Sameiro

Do José Agostinho, aqui está mais uma fotografia obtida no Sameiro em Braga, durante uma visita de estudo em 13 de Abril de 1962.
Os alunos que ficaram no “retrato”, todos com ar de bem comportados, ficam à espera dos comentários para uma melhor identificação, porque eu só conhece o José Agostinho, ao centro de óculos.

ZV

Comentários:

Então vamos lá ver se eu ajudo: Em cima, da esquerda para a direita, Vasconcelos, Zamora, Macela. Ao lado do Agostinho o Galrão e o Chico Cera. Em baixo, de cócoras, o Patuleia, e atrás dele o Eduardo José.Os nomes dos outros 3 colegas não me lembro.....


Anónimo.......09-09-2007

Meus caros. Sou da geração dos colegas referidos e naturalmente conheço-os bem. Parece-me que dos nomes identificados o único que estará correcto é o Agostinho de Peniche. O Macela, O Zamora, O Chico Cera, O Galrão, nao se encontram na foto, salvo qualquer lapso da minha parte.O Macela que habitualmente visita o blog poderá confirmar.Cumprimentos para todos

Anónimo.......10-09-2007

Não sei bem, mas o Zamor ainda estava na Escola ao tempo desta foto...?
Sei não...!!! - Como dizem os "nossos compadres" brasileiros...!!!
E o Patuleia...???Que é feito dele ???
E o Rijo Soares (que não está na foto...)também desse tempo...alguém sabe dizer-me alguma coisa dele...???
Eu também era dessa turma, mas ao tempo...eu "não gostava" de viajar...($$$...)UMabraço para todos...

Maximino Martins.........13-09-2007


Será que os anónimos estão na moda?Não seria bom que o "artista" que fez o comentário anterior dissesse quem era, quanto mais não fosse para lhe dizer "olá estás bom - há quanto tempo não faláva-mos".Mas não, o comentador anterior não tem razão, todos os que foram indicados estão correctos e olhem, também não me lembro dos três que falta identificar.

Aires Macela - 13/09/2007

Ó Macela Corte Real nao sejas mau.... Sempres foste um exemplo de colega solidario e amigo.O porquê de agora vires com essas insinuações?.... Um abraço de verdadeira amizade. Se descobrires quem é o anónimo, desta vez intencional, és meu convidado para um almoço. Eu escolho o Restaurante e tu a ementa... Certo? Até sempre. Aguardo o teu palpite..

Anónimo.........13-09-2007

O Maximino tem razão quando põe um ponto ?, quanto à presenca do Zamor nessa foto, mas é que ele era tao querido dos professores que ele ficou mais uns anitos na escola. Eu comecei no mesmo ano que ele mas sai antes. O Mogo quiz competir com ele e em vez de cinco anos estiveram, talvez oito ou nove. Belos tempos quem nos dera.O Rabaça teve razão quando me disse que deveriamos repetir todos os anos pois foram os melhores da nossa vida.

Um abraço Chaves..........14-09-2007

Ó meu caro anónimo, mil perdões se vos ofendi. Eu apenas disse (e é mesmo apenas), que era uma pena o anónimo não querer divulgar o seu nome, porque, se calhar, é alguém de quem eu era amigo chegado e assim não tenho como perceber quem é, para, pelo menos lhe dizer olá como estás, há tanto tempo que não falamos.Como não sou bruxo, não faço a mínima ideia de quem se trata, as minhas desculpas.

Aires Macela 14/09/2007

Meu caro Macela
Apesar de nao teres "adivinhado" quem era o simpático anonimo,- não foi intencional mas como sou "cota" informático carreguei na tecla errada- confirmo o convite, concrectamente quando vieres ás Caldas ou passares por Leiria, telefonas-me ( 914739325) para almoçarmos, que pagarei gostosamente. Um grande abraço,. Até um dia destes.

Antonio Nobre............15-09-2007

Alô sr. Macela e sr. comandante Chaves Ao menos digam algo sobre os mails que vos mando. Pensei que ainda estavam de férias. Quanto ao sr. António Nobre tenho ido ás Caldas e nunca o encontro mas agora tenho o nºtel já te vou contactar para a próxima semana. Um abraço para todos

Lobato........16-09-2007

Ora viva Sr."Anónimo" que já não é, pois a partir de hoje passa a ser do domínio público que aquela figura "cinzenta":), é nem mais nem menos o António Nobre, pessoa de quem tenho boas recordações e de quem sou, como é evidente, muito amigo. Fico com o teu contacto e, um dia que se proporcione, aceito o teu convite. Não sei porquê, mas tive cá dentro uma voz que me disse que eras tu, mas...Agora vou aviar outro cliente. Olá Lobato tens toda a razão, já devia no mínimo, ter retribuído de alguma maneira as tuas fotografias. Fiz uma pesquiza nos meus arquivos, mas o que tenho são ficheiros demasiado compridos e não cabem num vulgar Email. Prometo que vou mover céus e terra para te compensar. Um grande abraço aos dois.

Aires Macela 16/09/2007

Sem comentários: