sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Siga o baile...

BAILE

As velhas estão sentadas,
Em cadeiras alinhadas.
Olham para as filhas,
Muito bem arranjadas.
Mas as outras…
São malcriadas,
Nem estão bem cuidadas !
-Olhe-me aquele cabelo,
Em desalinho!
-Ai se fosse minha!
Há os rapazes,
Que andam aí.
-Venham lá uns copos
Para aqui!
-Olhe aquele que
Ali está…bom rapaz,
Muito prendado.
Mas o outro!…
-Só aquela cara!
-Com a minha não dança!
-Era o que faltava.
Toca a musica,
Duma banda contratada.
A confusão se lança!
-A menina dança?!
-Não dançou,
O baile continuou,
O mal encarado
Levou uma tampa.
Mais tarde
O baile acabou.
Outros se realizaram…
E depois?!
-A menina mais bem arranjada
Casou com o mal encarado,
Consta que são felizes.
Já não há bailes
Como antigamente.

Poema enviado pelo Rui Pina que se estreia em grande nestas andanças pelo Blog.

Comentário:

Que bom que era, ir ao "Lisbonense" e dançar ao som dos "6 Latinos"!!! Que saudável recordar esses tempos, o meu pai levava-me todos os anos pela altura do Carnaval, pois tinha entradas de borla, era ele que fazia, pintava e enfeitava o salão de baile com aqueles bonecos que só ele sabia fazer! Obrigada Zé por me fazeres lembrar esses momentos!

Lurdes Peça...........10-11-2010

Sem comentários: