terça-feira, 3 de março de 2009

Viagem de Finalistas de 1968

Estas fotografias que chegam ao blog provenientes de álbuns diferentes, respectivamente da Maria dos Anjos e da Campoto, reportam à viagem de finalistas de 1968.
Na foto de cima podemos ver sentados no muro, algures no Norte do País, a Campoto, a Maria dos Anjos e o Alpalhão.
De pé o Francisco Coutinho, a Dulce e a Anabela.
Na foto de baixo: o Caldeano, Maria dos Anjos, Adelino Antunes e Anabela.

José Ventura

Comentário:

A viagem dos finalistas era na década de 60 um verdadeiro acontecimento. A viagem ao Norte uma autêntica aventura. A saída da Estremadura, a travessia das Beiras e do Douro, a chegada ao Minho uma incontestável façanha. É preciso recordar que o percurso se fazia com todo o vagar que as velhas estradas nacionais ou regionais permitiam, num país que ainda desconhecia as auto-estradas ou vias rápidas. Uma facha para cada lado e às vezes nem isso. A ligação entre duas etapas consecutivas levava uma eternidade. Dava tempo para ver as diferentes paisagens com todo o tempo do mundo. A reportagem fotográfica da minha «excursão» começa a ganhar forma nas páginas do blog. Só é pena que os locais de descanso captados pelas objectivas das velhas Kodaks nem sempre estejam devidamente identificados. O «algures no Norte» é uma designação muito cómoda mas pouco precisa. Para um caldense acaba por representar quase metade do país. Proponho à Maria dos Anjos & à Fernanda Campoto que façam um pouco de luz e nos digam por palavras em que locais se fizeram retratar. A resposta talvez esteja traçada com caligrafia juvenil nas costas das fotos.

Artur R.Gonçalves..........08-03-2009

Sem comentários: