domingo, 4 de julho de 2010

Eu hoje estou “zangado”

..e porquê?

Ao ler a Gazeta desta semana, deparei-me com uma “estória” deliciosa sobre as aventuras e desventuras da construção de uma nave espacial que nos levaria até à Lua. (Ver Artigo)

O nosso antigo colega e amigo Fernando Rocha conta-nos, como em colaboração com o Rogério Guimarães, Mário Lino e outros meteram mãos à obra para levar a bom porto tarefa tão árdua.

No fim da leitura dou comigo a pensar que esta era uma das muitas “estórias” que faziam todo o sentido no Blog; acho mesmo que faziam mais sentido no Blog do que na Gazeta das Caldas, pese embora a minha admiração e simpatia pelo jornal.

Por isso “Senhor Deputado Municipal”, se lhe apetecer, tem aqui um espaço à sua medida. Bem sei que não tem tanta audiência como o jornal regional, mas certamente tem “clientela” que acharia muita graça a esta e outras “estórias”.

Zé Ventura

Comentários:

Não fiques zangado, pois já deves de estar acostumado ás faltas de apoio, de alguns dos nossos ex colegas, pois eu reparo por exemplo que alguns participam com mais frequência no blog do ERO, que eles não frequentaram, do que propriamente no blog da Escola, será uma coisa a ver com o EGO?

Reparando bem talvez não!

Sempre me lembro que nas Caldas essa coisa da união nunca existiu, no nosso tempo de miúdos a cidade era pequena, conhecíamos todos uns aos outros e já havia nesse tempo dois clubes por exemplo, em vez de haver um forte e bom.

Portanto isto não é novidade.

Embora que é saudável haver competição e variedade para que todos nós tenhamos, mais e melhores escolha. Na certeza porém não penso que estejamos em competição com qualquer outro órgão de comunicação, acho que o blog é um meio de encontro e de troca de estórias dos antigos alunos da nossa escola.

Finalmente falando sobre o tema é curioso que eu recordo-me dessa tentativa de lançamento do foguetão, construído por alguns alunos da escola, se a memória não me atraiçoa o falhado lançamento foi algures na estrada de Tornada perto da Rol ou da fábrica do tijolo. Penso que tudo isto aconteceu na altura da inauguração oficial das novas instalações da Escola.

Também me recordo que o mesmo deu um berro e o nosso Departamento Espacial morreu nesse mesmo lançamento.

Um abraço a todos e continuem sempre a dar o vosso contributo.

Antonio Abilio ……..04-07-2010

Vamos lá ver se da pena de tão ilustres homens da ciência, nos vão contar ainda as estórias do colega Camenta...

Anónimo…….04-07-2010


Zangado?
Porquê Zé? O nosso Blog tem editado excelentes estórias sobre o passado, aventuras e desventuras de colegas. Algumas até longas, bem escritas e descritivas do tempo e espaço em que aconteceram, enquadradas e adequadas ao ponto de nos terem transportado ao passado e aos momentos descritos.
Não me cabe a mim fazer julgamentos, sou demasiado novo no Blog, mas como uma boa parte das estórias escritas já publicadas, outras ainda estão por publicar, foram elaboradas por mim no afã de elevar o prazer da escrita e leitura confesso que por vezes fico frustrado com a pouca, ou até ausência, de comentários. Ora isto poderá levar os outros autores a pensarem que os temas e suas formas de contar são obsoletas por sem interesse, ou, o que é pior, que escrevem “para as paredes”.
O António Abílio propositadamente tocou no “fulcro” da questão, embora tente disfarçar mais á frente, nas suas considerações, que o problema não se encontra no EGO de cada um. Mas é isso mesmo, António, ninguém gosta de escrever ou fazer seja o que for, “para o boneco”.
Eu sou um dos atingidos pelo comentário de “participam com mais frequência no blog do ERO, que eles não frequentaram, do que propriamente no blog da Escola” e podes crer que isso não me faz sentir bem mas, é de bom tom, reconhecermos de que pelo menos escrevemos para alguém, muitos, que lêem e comentam e através dos comentários profícuos e por vezes sagazes levantam outras recordações que dão origem a novos temas, e assim o “novelo” vai-se desfiando dando origem á continuidade.
A falta de comentários corta cerce a imaginação e a vontade de encetar novos episódios e ninguém tente convencer-me que nos 5 ou 7 anos de convívio porque passamos, numa época rica em criatividade e novos eventos a sucederem-se quase diariamente, ninguém tem nada para contar, dizer ou simplesmente criticar.
Não me vou alongar mais nestes considerandos, que provavelmente e mais uma vez não terão interesse nenhum. Resta-me dizer que também recordo a aventura do foguetão.
E por ultimo meus amigos de longa data, comentem… nem que seja para dizer mal…
Um abraço

A.Justiça......04-07-2010


O ZV tem/teve «razão» para estar zangado. O comentário do meu vizinho do Ontário, António Abilio, toca na ferida. A resposta do Justiça, faço-a minha. E acrescento que ainda no recente mês de Maio, lá na Lareira reencontrei ex-colegas que não via há 40 anos (obrigado ZV) que de certeza até aparecem por aqui, e que sei, poderiam participar com algumas coisas. Mas não. Porquê ? Será porque andam muito ocupados? Eu ainda trabalho 6 (seis) dias por semana, além de ter mais umas «coisitas» para me entreter nas horas vagas, mas o prazer que sinto, e que o Justiça menciona, no feedback que recebemos todos, grande parte não ex-alunos do ERO é a razão primária da nossa participação.
Não conheço pessoalmente o António Abilio, mas dou-lhe daqui públicos parabéns pela forma como participa, mas tendo consciência de que o português dele, não é hoje o que era há 40 anos. Pena a maioria dos leitores deste blog não entenderem inglês, garanto-vos que seria bem mais fácil para ele exprimir-se nessa lingua. Mas tal não impede que participe e isso é que é importante.

Então as miúdas, salvo 2 ou 3 execpções, parece que apesar de serem avós continuam com os medos da adolescência. Eu sei que a razão não é essa mas sim o facto de muitas delas também ainda trabalharem e terem de preparar a comidinha para os esposos. Minhas amigas, libertem-se e ponham-nos a eles a fazer esses trabalhos. O tempo do macho latino já foi. OK ?

J.L.Reboleira Alexandre...........04-07-2010

Pois eu desejo muita saude e vida aos "nossos colegas" do Colégio...mas vou continuar "só" por aqui...

Não que tenha nada contra os que preferencialmente lá escrevam...mas se me disperso...
Jamais lançarei foguete algum...a não ser que o Rabaça me satisfaça uma possível encomenda...!!!

Vou continuar e já agora, porque em tempos aqui falámos disso...digo ao amigo Reboleira que o conterrâneo de apelido Contente que morava no lugar do Arelho do Concelho de Óbidos...já partiu...que descanse em Paz...!!!

UM abraço para todos e obrigado ao ZV...por nos manter no tempo e a tempo...!!!

Maximino……….05-07-2010


Um agradecimento profundo aos amigos, A. Justiça e J.L.Reboleira Alexandre, por o reconhecimento e entendimento do meu comentário, pois apesar de ter um pouco da pronuncia do "Norte" da América, como o amigo e vizinho J.L.R.Alexandre, citou e bem!
A razão de não ser melhor na minha escrita foi culpa do nosso ex ditador A.O. Salazar que fez com que muitos rapazes como eu tivessem de sair do nosso cantinho sem concluir os estudos, depois dos 16 anos já era complicado, pois teria de fazer o serviço militar, mesmo assim fui considerado por as nossas autoridades como "Complido" e como viemos para o Canadá não podíamos fugir de noite.

Mas contudo isto sinto uma grande honra em fazer parte deste blog, para mim trouxe-me algo que eu sentia falta já á muito tempo a ligação de preencher o vazio da minha infância, eu acho que muitos sabem ignorar esse sentimento, mas eu por qualquer razão ainda não consegui.

Quanto aos colegas que participam nos outros blogs, eu não os quero ofender de modo algum, pois eu também visito muitos outros blogs para meus próprios conhecimentos, inclusivamente o ERO onde eu frequentei por um ano, para fazer a admissão, mas tenho poucas memórias desse tempo ao contrário da nossa escola.

Não querendo ser maçador com a minha lengalenga vou dar a oportunidades a outros que têm melhor veia para a escrita e estórias mais interessantes certamente desejando que mais amigos ganhem coragem para nos contarem algumas das suas estórias.

Mais uma vez Obrigado e um abraço a todos.

Antonio Abilio……….05-07-2010


Amigo Toino Abílio, do grupo que mais escreve parece que faltava eu. Eu acredito no dar a Cesar o que pertence a Cesar, (colegio , colegio): (escola , escola,)(o Fernando Santos e outros são benvindos), mas qual a réplica que tens quando abordas um tema, uma estória e fotos que parece que ninguém sabe quem é quem. Há certos temas apaixonantes que o Zé tem no "Águas Mornas" que passa despercebido e vale a pena ver.
Dos anos cinquenta, quantos aparecem? Se tiverem dúvidas no computador perguntem aos filhos que sabem tudo.
Eu agora vou até à Santa terrinha beber uma ginjinha que o Maximino, está em dívida, e vou tentar que o Zamor, Rabaça e outros entrem no blogue, mas é difícil.
O Soares Apolinário, também vai aparecer por aí e eu já não o vejo pelo menos à 30 anos..

Até breve

Chaves ……….05-07-2010

Olá Chaves...e a ginjinha está à espera...!!!

E como eu só posso beber água...nem faço concorrencia, mas faço companhia e com muito prazer...pago a tal, como não podia deixar de ser...!!!
um abraço

Maximino...........05-07-2010


quem leia, agora ou daqui a 100 anos.
E para aqueles que, parafraseando oAmigo Quim Chaves

Desejo que passes umas boas férias no nosso cantinho, espero que tenhas apetite para beberes uma ginjinha por mim, é minha pena não poder estar presente nessa altura.

Quanto ao teu comentário acho que todos são bem vindos a dar o seu positivo contributo e dar as suas estórias, pois o que faz o blog mais interessante para todos nós é a diversidade.

De vez em quando há certas meninas do nosso tempo, que também entram nos comentários, eu até as conheço, elas é que talvez não se recordem de mim, mas elas são poucas. Tal como tu e o amigo J.L.Reboleira pergunto onde estão elas e eles do nosso tempo?

Será que se torna foleiro participar no blog dos antigos alunos? Ou falta coragem?

Penso que todos nós temos de fazer melhor trabalho a divulgar o nosso blog, para que tenha mais participantes.

Um abraço para todos.

Antonio Abilio……..06-07-2010

Sou dos que têm mantido uma colaboração regular desde o início, em "posts" (A ideia, A finalidade, Pensamentos "profundos", Conta-se, Música, para citar apenas os primeiros) e comentários, tentando contribuir para que a ideia inicial frutifique.
Não alinho em rivalidades sem sentido (nem sequer histórico), na "incapacidade" de escrever bem ou na necessidade de saber se há muitos leitores para a prosa.
Escrevo e pronto! Porque me apetece, porque me despertam o "bichinho", porque me satisfaz o ego, para me convencer de que sou mesmo bom!!!
Deixem-se de tretas ... contem "estórias".
No blog da Escola, no do Colégio, nos blogs pessoais, na imprensa, na cavaqueira, onde vos apetecer, mas contem. Há sempre quem leia, agora ou daqui a 100 anos.
E para aqueles que, parafraseando o seleccionador Carlos Queirós, acham que a camisola é pequena demais para o seu gigantesco corpo, continuem a escrever onde vos dê a real gana, que continuaremos a lê-los, com o prazer de os sabermos dos nossos.

Orlando Sousa Santos…………06-07-2010


Sou um leitor fiel, um fã incondicional e um comentador ocasional deste blogue.Como sou do Águas Mornas, do O Que Eu Andei,
do Cavacos das Caldas, etc. Ao contrário das televisões ou das rádios, os blogues não são concorrentes: se vejo ou ouço uma, excluo outra - mas nos blogues não, cada leitor de um é um potencial leitor do outro. E o facto de muitos dos leitores do Blog do ERO "entrarem" pelo link da Escola é uma prova disso.

Não faz sentido estarmos de costas voltadas ou em qualquer competição, quanto mais pessoas abrirem o computador e se ligarem à Net para ler um qualquer site, mais potenciais leitores têm os similares. O mesmo se passa com a escrita de posts e comentários, quem se habitua a escrevê-los num mais facilmente o fará no outro.

Temos um novo blogue com estórias de tempos de estudantes, já viram? É feito pelos "putos" do Liceu, uma geração mais nova do que eu e estão em http://adolescenciacaldasanos70e80.blogspot.com/
São mais estórias para a História das Caldas que se vai escrevendo todos os dias nos jornais e rádios locais, nos Blogues, nos livros, nas conversas de esquina ou nas esplanadas.

Um abraço a todos, são todos bem-vindos como leitores,colaboradores ou comentadores no Blog do ERO,quando "saírem" deste!(passe a publicidade...)

João Jales........07-06-2010

Sem comentários: