domingo, 26 de dezembro de 2010

Fernando Pessoa - Dedicatória aos Amigos

Um dia a maioria de nós irá separar-se.
Sentiremos saudades de todas as conversas jogadas fora, das descobertas que fizemos, dos sonhos que tivemos, dos tantos risos e momentos que partilhamos. Saudades até dos momentos de lágrimas, da angústia, das vésperas dos finais de semana, dos finais de ano, enfim... do companheirismo vivido.
Sempre pensei que as amizades continuassem para sempre.
Hoje não tenho mais tanta certeza disso.
Em breve cada um vai para seu lado, seja pelo destino ou por algum desentendimento, segue a sua vida.
Talvez continuemos a nos encontrar, quem sabe... nas cartas que trocaremos.
Podemos falar ao telefone e dizer algumas tolices... Até que os dias vão passar, meses...anos... até este contacto se tornar cada vez mais raro.
Vamo-nos perder no tempo.... Um dia os nossos filhos vão ver as nossas fotografias e perguntarão: "Quem são aquelas pessoas?" Diremos...que eram nossos amigos e...... isso vai doer tanto! "
Foram meus amigos, foi com eles que vivi tantos bons anos da minha vida!" A saudade vai apertar bem dentro do peito.
Vai dar vontade de ligar, ouvir aquelas vozes novamente...... Quando o nosso grupo estiver incompleto... reunir-nos-emos para um último adeus de um amigo.
E, entre lágrimas abraçar-nos-emos. Então faremos promessas de nos encontrar mais vezes desde aquele dia em diante.
Por fim, cada um vai para o seu lado para continuar a viver a sua vida, isolada do passado.
E perder-nos-emos no tempo..... Por isso, fica aqui um pedido deste humilde amigo: não deixes que a vida te passe em branco, e que pequenas adversidades sejam a causa de grandes tempestades.... Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos!"

Comentários:

Parece que da maneira que vai indo o "nosso blogue" com o aproximar do fim de ano,vai indo de mal a pior. Será que F. Pessoa tinha razão quando escreveu isto? Haverá entre nós outro já saudoso ALFREDO JUSTIÇA para dar um outro tempero à vida com as suas estórias e contos? Por onde andará o Z. L. Reboleira, o F. Santos. o Capinha e tantos outros. Mesmo tolices digam quaisquer coisas adequadas ás fotos, lembrem-se das redacções que geralmente começavam por "façam um resumo adequado ao texto". Há muito tempo para parar


Chaves ..........29-12-2010

Olá,
Meu nome é Maria Filipe, vivi até aos 11 anos nas Caldas da Rainha, andei na Escola Primária da Encosta do Sol, melhor dizendo, fui estreá-la! Numa pesquisa, procurando a minha professora primária, Drª Helena Berjano, cheguei até aqui, mas não encontrei nada sobre ela!! Será que me pode ajudar??
Obrigada

Milu........29-12-2010

Sem comentários: