domingo, 21 de agosto de 2011

Dra. Elvira Bento Monteiro

A Dra. Elvira Bento Monteiro, antiga professora da Escola Comercial e Industrial faleceu este sábado. Desde há muito que se encontrava numa casa de repouso com um estado de saúde muito debilitado. Era viúva de outro conhecido professor, Dr. José Manuel Bento Monteiro, que também nos deixou há já algum tempo.
Ao Luis Miguel Bento Monteiro e restante família um abraço de solidariedade.


Comentários:

A minha Homenagem à Mulher, à Professora e à Amiga.
Com a Drª Elvira Bento Monteiro aprendi a amar a nossa Língua e a nossa Literatura - o Grego também - e outras coisas belas da Vida.
Foi um dos Professores que mais marcou a minha formação académica e pessoal. A sua memória permanecerá viva.

Matilde .................21-08-2011

Devo-lhe muito!
Sob a capa de uma mulher intransigente, inflexível, intolerante, estava uma Senhora meiga, compreensiva, amiga e uma excelente professora.
Incentivou-me o gosto pela leitura, elogiou alguns trabalhos meus, sempre com a indicação "podias ter feito ainda melhor". Não me devolveu um, cujo título ainda recordo e já lá vão mais de 40 anos - Os sinos tocam para lá da montanha -, por pretender mostrá-lo a alguém.
Dispensou-me do exame final de Português, mantendo-me na dúvida até a pauta sair.
Não a acompanhei na última viagem e gostava de o ter feito.
Soube há pouco, pelo Blog que, uma vez mais, cumpriu uma das suas funções.
Até sempre, Drª. Elvira.

Orlando Sousa Santos.........................22-08-2011

Pena não ter sabido a tempo de a poder acompanhar à sua última morada...
Estive no funeral do marido, aliás foi presido por mim...
Era uma professora que admirava embora aprentemente não fosse muito simpática...

Recordo sempre uma historieta que ela contou numa aula...:

Um individuo que gostava de uma moçoila, escreveu-lhe uma carta a declarar-lhe o seu amor...
E depois de se declarar, acabava a carta dizendo estar convencido de que não lhe era indiferente e por isso lhe pedia uma resposta numa frase bem simples...:
Penso que a menina também gosta de mim...enganarei-me?

E recebeu a resposta na volta do correio, apenas numa frase...:

Enganarou-se sim senhor...!

Paz à sua alma...

Maximino................22-08-2011

Uma das referências obrigatórias no meu percurso pelos universos da língua e da literatura portuguesa em todas as suas dimensões. Com ela dei os primeiros passos nessa área da cultura humanista numa longa caminhada que me tem acompanhado até hoje.

Artur R. Gonçalves.............09-01-2012

Que bom e recordar os tempos de estudante e lembrar os profesores com tanta ternura e carinho,mesmo ate aqueles que alguma vez foram mais duros (e concerteza com razao) mas a quem respeitavamos,ao contrario dos tempos de agora que sao os alunos que exigem que os professores andem debaixo das suas ordens mais descabidas.Na verdade _ MUDAM-SE OS TEMPOS MUDAM-SE AS VONTADES!!Que viva a velha geracao dos--COTAS!!!!

Alda Capinha.................10-01-2012

Sem comentários: