sábado, 20 de agosto de 2011

Vasco Castelhano – Fotógrafo

Na sequência de uma fotografia que se publicou no Blog onde aparecia o Álvaro e o Vasco Castelhano, muito dos colegas perguntaram o que era feito dele.

Pois bem o António Abilio andou a fazer umas pesquisas pela Net e na Revista Municipal da C.M.Loures nº32 de 2007, encontrou uma entrevista com o nosso antigo colega.


Falar de fotografia com Vasco Castelhano é falar de uma vida dedicada a uma paixão transformada em profissão. Escolheu Loures para viver há cerca de 30 anos, e aí desenvolveu grande parte da sua arte, eternizando através da lente da máquina fotográfica, momentos especiais e únicos. A Loures Municipal foi conhecer o trabalho e o percurso deste fotógrafo, gerente da firma Castelhano-Estúdios.
Como iniciou a sua carreira na área de fotografia?
Comecei muito novo, ainda mesmo “na barriga da minha mãe”, pois ela na altura já era fotógrafa, em Caldas da Rainha, onde tinha uma loja, e foi aí que iniciei a minha carreira.
A fotografia tem passado de geração em geração, a minha mulher também é fotógrafa e já passámos essa paixão aos filhos.
O facto de a fotografia ser uma actividade com raízes na nossa família elevou as exigências a nível de profissionalismo, pois o nome Castelhano é conhecido já há muitos anos como prestando um serviço de qualidade, o que nos obriga a procurar corresponder sempre às expectativas.

Lembra-se da sua primeira reportagem profissional?
Sim, tinha 18 anos, e aconteceu quando tive de fazer uma reportagem de um casamento, em Óbidos, por imperativo de doença de um dos empregados da minha mãe, o que foi um desafio para mim, pois fui sozinho, sem nada me ter sido ensinado. Na época tinha uma máquina mais antiga – uma Rolleyflex, muito diferente das que se utilizam agora. Desde aí, segui esta carreira, adaptando-meàs exigências da profissão e às novas técnicas que foram aparecendo.

Como surgiu a ligação a Loures?
Sou natural das Caldas da Rainha, mas estou em Loures há cerca de 30 anos, pois foi aqui que casei e, sendo a minha esposa, Paula Castelhano, de cá, fiquei com muito gosto.

Especializou-se em alguma área da fotografia?
Especializei-me em reportagem e estúdio artístico. Mas grande parte do trabalho da loja Castelhano-Estúdios e o que nos fez crescer com maior intensidade foi a reportagem, quer de casamentos, baptizados, ou de outros eventos.

A entrevista continua e pode ser lida na integra na revista Municipal de Loures.

Comentário:


Olá Vasco, sou a Odete Maçãs, não sei se te recordas de mim, mas não resisti a entrar em contacto contigo ao ver a entrevista que deste sobre a tua profissão em Loures, local que adotaste como tua segunda terra. Esperamos que dês notícias tuas aos teus ex-colegas da escola, que por as novas tecnologias nos vamos reencontrando. para o ano tens que pensar em vir confraternizar com a malta no almoco organizado pelo Ventura e outros colegas, é muito giro e ficamos sempre felizes no reencontro! um abraço amigo. até breve, dá notícias...


Odete Maçãs................21-08-2011


É com muita satisfação e grande saudosismo que me revejo a ser lembrado por tantos amigos da escola, adorei ver as fotos do blog.

Um abraço para todos . Gostava que me informassem com alguma antecedência a data do encontro pois devido à minha profissão tenho certa dificuldade em ter fins de semana livres.

Um abraço, até breve.

Vasco Castelhano.......................22-08-2011

Eu sabia que seria uma questão de tempo.
Bem vindo Vasco!
Foi bom saber de ti, depois destes anos todos é bom saber que os amigos, assim como os ex colegas de escola estão bem.
Um forte abraço.


Antonio Abilio....................22-08-2011


Bem, como estamos a falar do Vasco, lá tenho de escrevinhar qualquer coisa. O tempo afastou-nos, mas nos anos que se constroem as amizades, estavamos do mesmo lado da barricada.Tenho pena que tenhas ficado por Loures, mas a vida é assim, só espero que tenha sido o teu remate certeiro, ou a tua corrida desenfreada, para chegares primeiros que os outros. Um abraço do teu amigo,

J. Carlos Abegão..................03-09-2011

Sem comentários: