domingo, 17 de janeiro de 2010

A Ida ao Santo Antão

A primeira e única vez que fui ao Sto. Antão a Óbidos foi em 1962. Hoje, 17 de Janeiro de 2010, passados que foram 48 anos voltei a subir até à Capela. Da estrada, olhei para aquela rampa e disse para os meus botões... serás capaz? Tenho de ser, homem é homem, bicho é bicho... e coloquei-me ao caminho. A rampa já não é tão grande como era pois, não sei quando, construíram mais degraus. Após 3 ou 4 paragens, sentado nos bancos de pedra que estão estratégicamente colocados para recuperar fôlego lá cheguei ao cimo, tirei a espada da cinta, ergui-a acima da cabeça preparado para o grito de conquista mas... fiquei triste pois esqueci-me do Padrão que sempre deve acompanhar o descobridor de novos Mundos. Se algum de vocês lá foi, hoje claro, não os vi, ou se vi, já não vos conheço e vice-versa.

Alfredo Justiça

Sem comentários: