domingo, 8 de janeiro de 2012

Finalistas de 1968

O Limpinho, figura inesquecível nos anos sessenta, rebuscou nos seus arquivos e encontrou estas fotografias que nos transportam até 1968 e recordam a viagem de finalistas.
Reconheço alguns colegas, o Xico Coutinho, o Limpinho e a Maria dos Anjos, com as “famosas botas brancas” que lhe realçavam um belíssimo par de pernas.
Isto pode parecer brejeiro mas tinha que dizer.
Quanto ao Limpinho continua um bom camarada e é já uma figura que não dispensamos nos nossos Encontros de Maio.


Nota: depois de escrever este pequeno texto vi que me faltou acrescentar uma nota sobre as “botas” da Maria dos Anjos, é que com o decorrer dos anos as botas já não existem, as “curvas” ficaram um pouco mais esbatidas, mas ficou uma grande Empresária que com a sua equipa tornou a firma Amaro da Silva numa referência do “Frio Industrial”.




Comentários:

Nem o famoso da sua época "o Limpinho" trás alguma "parece" que já perdida alma ao blogue. Onde estarão os alunos dos anos 60 que é a tal alma deste blogue e que chama outros dos anos 50 "poucos"a darem também o seu contributo. Eu li, ainda à pouco que a euforia dos blogues está em baixo, será?
Saudações Chave...................12-01-2012

Olá Chaves! Eu bem tenho tentado puxar o pessoal mas a moda agora é o Facebook! Por aqui só ficam os teimosos. De vez em quando aparece uma "lufada" de ar fresco e parece que isto vai animar, mas depois volta tudo ao mesmo. Ninguém fala dos antigos colegas, não contam nada ou quase nada das suas aventuras do tempo de escola...
Olhem! Na minha turma do terceiro ano havia um colega chamado Virgílio que morava na Parede (linha de Cascais). Não me recordo se era conhecido pelo "parede" ou se tinha outra alcunha, o que sei é que um dia pelo Carnaval, o Virgílio levou para a aula de desenho uma daquelas bombinhas com que nós brincávamos naquele tempo, pegou-lhe fogo, e... aquela coisa estoirou. O professor não foi de meias medidas, viu logo quem foi o brincalhão e disse: arruma as tuas coisas e rua com uma falta de castigo! (era assim naquele tempo, hoje não sei) Escusado é dizer que até ao fim da aula a "malta" ia cochichando: éh pá... a bomba até fez pó!!!... éh pá... a bomba até fez pó!!!... pó!... pó...
O professor, homem já de idade, mas muito pacífico, lá foi aguentando aqueles pós... não mandou mais ninguém para a rua, e, a partir daí o Virgílio nunca mais deixou de ser conhecido apenas pelo "Pó".

Fernando Santos.......Olhão..................12-012012

O Quim diz que nem o famoso da sua época, Limpinho, trás alguém a este lugar para participarem com os seus comentários, mas participamos nós
Mas não foi só o Limpinho que me fez cá vir, mas sim também as celebres botas brancas ou o comentário em si que o Zé Ventura escreveu.
A moda das botas foi de certo na época em que a Nancy Sinatra lançou a canção "These Boots Were Made for Walking" o qual foi um sucesso naquele tempo, e por o que leio e vejo, a nossa amiga e colega Maria dos Anjos fez isso mesmo, andou e mostrou-os com elegância. Tanto andou que como o Zé diz e bem, que chegou a um estatuto de grande Empresária, Bem Haja para a nossa amiga Maria dos Anjos, e quanto ao comentário do par de pernas que o Zé fala o que é bom é para se ver.
Aquele abraço.

Antonio Abilio...................13-01-2012

Sem comentários: