quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

As escolas da Praça do Peixe ou as fotos da primária


Da Isabel Alves vem o fascínio das fotografias da Escola Primária, diz ela:

Vou tomar esta onda das fotos pré EICCR, para enviar esta foto  tirada no dia 12 de Maio de 1966. Frequentava eu a 1º classe, na famosa escola primária da Praça do Peixe, tenho bastantes memórias desta escola, recordo-me da Nespereira que havia no recreio, recordo-me também das casas de banho, muito antiquadas e parece que até consigo cheirar o giz e ouvir o rangido do soalho. A foto foi tirada na porta de trás do Cine Pinheiro Chagas. Na fila de trás está a Menina Prudência, a nossa contínua, lembro-me de ela ir para a escola de bicicleta, estarei errada? Recorda-me também de alguns nomes, na fila de baixo a segunda a contar da direita está a Ana Martins com as suas lindas tranças, os pais da Ana tinham uma loja perto do Elias do Sal, a trás da  Ana está a São Valério, por trás da São está a já falecida, Teresa Carvalho que se não me engano, era Polícia, na segunda fila, a quarta a contar da esquerda é a Maria do Carmo, que morava na Rua Fonte do Pinheiro um pouco para baixo dos Bairros dos Viola, no lado esquerdo da Menina Prudência está a Mizá, eu estou sentada no lado esquerdo, na ultima fila reconheço a Nazaré, segunda a contar da esquerda. Reconheço mais carinhas, penso que uma delas é a da Adelaide Ferreira, a vasta maioria das meninas nesta foto incluindo eu, frequentaram a nossa EICCR,  mas a memória atraiçoa-me com respeito a nomes. Seria interessante saber se alguém se recorda.  

Beijinho,

Isabel

Comentários:

Pode ser que desta forma os nossos antigos colegas nos tragam à lembrança os tesourinhos que certamente ainda conservam escondidos bem lá no fundo da sua caixa de recordações.
Quando andei na 4ª classe na antiga escola da Praça do Peixe, como não havia espaço para recreio dentro da escola, o mesmo era efectuado no tabuleiro da praça, onde todos os dias, se realizava a venda de peixe.
Era aqui que a rapaziada aprendia o outro lado da vida. Foi neste local que vi pela primeira vez uma peixeira, com todo aquele infindável número de saias, a urinar de pé. Foi uma imagem, com todo o quê de intrigante para um garoto assistir a tal. Marcou-me e sempre que observo uma peixeira recordo aquela cena. Depois, mais tarde, percebi que naquele espaço, onde muitos dos intervenientes, peixeiras, pescadores, público em geral, não existiam instalações sanitárias públicas.
A existência de outra escola, feminina, no mesmo local, levava a que muitas vezes nos deslocássemos até junto do enorme muro que servia de vedação ao recreio das meninas, no intuito de ver alguma coisa. Claro que era completamente ver o que quer que seja pois a altura do muro não nada para ver nada. No entanto, pelas risadas e os sons naturais das brincadeiras, percebíamos que havia ali vida para além do muro.
Na foto, já em 1966, segundo a Isabel, já eu andava a frequentar as Secções Preparatórias, pelo que mesmo que quisesse não conseguia reconhecer quem quer que seja. A predominância das trancinhas naquela época era uma constante e diga-se que dava um ar angelical às meninas. Recordo a Esmeralda que já aqui contou a sua versão sobre o facto de ter de andar de tranças. Recordo também a minha companheira de infância a Alzira, que sempre me acompanhou na escola e que todos os dias fazia de despertador, chamando por mim debaixo da janela no Bairro Viola, pois já eram horas de irmos para a escola. São estas recordações de vida que nos alegram e aquecem a alma.


Victor Pessa...............09-02-2012

Recordo-me da menina Prudencia que realmente andava sempre de bicicleta é que também eu andei na escola primaria da antiga praça do peixe.
Das minhas colegas só me lembro de duas ou três mas recordo de duas professoras
a D.Olímpia e a D.Cãndida que era uma professora muito querida


Anónimo..............09-02-2012

Olhem no permenor da mala de cartão......
um espetáculo, e era um luxo!!!!porque parte delas eram de serapilheira.Apesar de tudo eram bons tempos.

Ermelinda Lopes.................14-02-2012

1 comentário:

João pinto disse...

Reconheço muitas das pessoas na foto.
A minha irmã,a Isaura esta nessa foto,ao lado dtº da continua.
Reconheço a Aurora e muitas outras.